Digital Advisory 

Digital Advisory
2 minutos para ler

Como você escolhe seus parceiros e compartilha sua estratégia? Já pensou em Digital Advisory?

Para serviços especializados e estratégicos, é importante checar a expertise que o parceiro possui no que se propõe a entregar, quais foram os cases de sucesso e também os de insucesso, é importante a transparência desde o início na relação. 

O investimento que as empresas fazem nos setores em quais participa é um fator chave para decisão, se você está precisando de uma consultoria estratégica, o que o parceiro que você selecionou tem investindo no tema? Quais são as preocupações com as tendências? Tem alguém olhando para isso? Quais são as oportunidades de negócios que você chegará na frente com ajuda deste parceiro? Qual a vantagem competitiva? 

A relação com dinheiro deve ser natural! 

Trate a relação com dinheiro com naturalidade, não é constrangedor falar o seu orçamento ou expectativa para seu interlocutor, toda relação comercial envolve dinheiro e no Brasil temos o hábito de parecer indelicado quando perguntamos sobre orçamento.  

Deixem seus parceiros participarem da sua estratégia, deixem saber o que é valor para você! É nessa hora que entra a Digital Advisory.

Um exemplo prático, quando você contrata um consultor de investimentos, você certamente compartilha com ele as suas metas e onde quer chegar daqui 6 meses ou 1 ano, quando contrata um psicólogo faz o mesmo, então ter um parceiro interessado no negócio também é vital para a relação, se você tem um parceiro que enxerga apenas o lado financeiro (dele), que é inflexível e não está preocupado com o sucesso do seu negócio, é um ponto de atenção, pois muitas vezes ele fará apenas o básico e partirá para o próximo, o próximo, o próximo e o próximo projeto. Sem engajamento! 

O serviço é invisível! 

Para tangibilizar o serviço, podemos mensura-lo pelo valor percebido e este valor pode ser traduzido para KPI, deixar claro para o parceiro quais são os KPIs a serem perseguidos para conseguir medir a performance na prestação do serviço. 

Os serviços são prestados de humanos para humanos! 

Adilson Souza, Gerente Executivo na BRQ

Você também pode gostar

Deixe um comentário

dezoito + 15 =