Kanban Picture

Digital Advisory
4 minutos para ler
Kanban Picture

No meu trabalho como Agile Coach na área de sistemas internos da BRQ, temos utilizado o Método Kanban em nossa busca por melhoria continua de forma evolucionária. Neste cenário, identificamos que a Kanban Picture tem um papel didático importante ao sugerir práticas gerais e políticas explícitas para times iniciando com o Método Kanban.  

Item Funcional 

“Entre cachorro e camelo, todos são animais. Evite ratos e elefantes.”- Embora exista variabilidade no tamanho dos itens no Kanban Picture, evitamos os extremos. Um item funcional gera valor, cada cartão no quadro representa a entrega de valor percebido pelo negócio. Se você quer um cachorro, apenas a cabeça, as patas ou o rabo, não geram valor. 

Replenishment 

Replenishment é o ato de entender e se comprometer com a demanda. É como um casamento – depois do ponto de compromisso não queremos nos “separar” do item (embora possa acontecer  ). Kanban é um sistema puxado – Replenishment frequente é ágil, replenishment sob demanda é ainda mais ágil.  

Commitment 

O “Commitment point” ou “Ponto de compromisso” é o ponto onde o item funcional é tratado como um compromisso de entrega assumido. No Kanban Picture esta é a fronteira entre as opções a serem trabalhadas (Upstream) e as demandas sendo realizadas (Downstream ou Delivery). 

Kanban Meeting (Daily) 

“Pare de começar, comece a terminar!” percorra o quadro observando os itens da direita (mais perto de terminar) para a esquerda (iniciados recentemente). “Pergunte aos cartões, não às pessoas” – O que podemos fazer para finalizar este item? 

Pronto/Demo 

Ao término do trabalho, o time pode demonstrar o resultado aos usuários, stakeholders ou demais interessados. A apresentação pode ser feita em lotes pequenos, por funcionalidades de um mesmo assunto ou sob demanda.  

Retrospectivas 

Avalie o resultado do trabalho em intervalos regulares. Discuta sobre as métricas e busque a melhoria contínua. 

Limites 

Limite o trabalho em progresso. Os números nas colunas são exemplos da quantidade máxima de itens por etapa de trabalho. Limitar o WIP (Work in Progress) promove o foco no término das funcionalidades. “Pare de começar, comece a terminar!” 

Sentido Único 

Não “volte” cartões no quadro. Os itens são trabalhados em cada etapa, da esquerda para direita. Se uma correção é necessária, mantenha o item na mesma coluna, eventualmente sinalizando que existe um “bloqueio” ou “impedimento”. Mantenha o foco em concluir o trabalho. 

Métricas 

  • Throughput (Vazão Semanal) – Quantidade de itens entregues em um intervalo de tempo, normalmente por semana. 
  • Lead Time – A contagem inicia no replenishment e termina com o item entregue. O número de dias corridos para terminar o item é o Lead Time. 
  • C.F.D. – Cumulative Flow Diagram (Diagrama de Fluxo Cumulativo) Mostra a demanda, trabalho em progresso, média do Lead Time e taxa de entrega. 

Para coletar estas métricas, basta anotar a data de início e fim de cada item, além de contar a quantidade de itens por coluna do quadro, por dia. 

Políticas Explícitas 

Deixe as políticas visíveis. As políticas são as regras de como o time trabalha e devem ser criadas de forma colaborativa. Exemplos – critérios de replenishment, limites de trabalho em progresso, cadência de deploy. 

SDM 

Service Delivery Manager é um papel sugerido para gerenciar o fluxo. SDM gerencia impedimentos, coleta métricas e colabora com o time na melhoria do fluxo. 

Classe de Serviço 

Classes de serviço são baseadas no custo do atraso e definem como os itens se comportam no sistema. Uma “onça pegando fogo” (urgente) tem maior prioridade que outros animais “normais”. As classes de serviço mais comuns são: normal (standard), urgente (expedite), data-fixa (fixed date) e intangível (intangible). 

Extra 

Bloqueio/Bloqueado 

Não tenha uma coluna para itens bloqueados. Um bloqueio é uma condição que o item assume em uma etapa do trabalho, não uma etapa do fluxo. Sinalize os bloqueios através de alguma indicação e mantenha o cartão onde está. Saiba mais!

André Suman, Agile Coach na BRQ

Você também pode gostar

Deixe um comentário

treze + 9 =