Times de alta performance: por que você precisa urgentemente de um?

Times de alta performance
7 minutos para ler

Profissionais desmotivados, resultados sempre abaixo das metas e gestores insatisfeitos. Nenhuma empresa tem espaço para um cenário como o descrito, pois, em um mercado tão competitivo, o desempenho deve ser cada vez maior para conseguir se destacar. Além, claro, de conhecer e aplicar conceitos como a transformação digital e Customer Centricity, entender o que são times de alta performance é essencial.

Não se trata apenas de contar com profissionais capacitados e esperar que os resultados apareçam. Esse é um conceito muito mais amplo que visa à integração de diferentes colaboradores em um time focado em alto desempenho. É preciso também definir processos e adotar soluções que possibilitem uma performance ainda melhor.

Mas quais são os principais benefícios ao implementar esse conceito? Por que a sua empresa precisa urgentemente de times de alta performance? Esclareça essas dúvidas, continue a leitura deste artigo para entender ainda mais sobre o assunto. Confira!

O que é e qual é a importância de se contar com um time de alta performance?

Por ser um conceito relativamente novo, muitos gestores ainda não sabem exatamente o que são times de alta performance e a importância dessas equipes. Não basta apenas reunir talentos com diferentes skills para conseguir um melhor desempenho. A ideia é agrupar os colaboradores em processos que potencializem a performance de cada um e, consequentemente, da empresa como um todo.

Além disso, é importante contar com as ferramentas adequadas para realizar um trabalho mais completo. Tudo isso só vai funcionar com uma equipe muito comprometida com suas metas e responsabilidades, e que sejam protagonistas da jornada. Ou seja, um time de alta performance reúne profissionais qualificados, soluções precisas, gestão mais eficiente e processos operacionais bem definidos.

Para entender melhor como funciona um time de alta performance, listamos algumas das características mais importantes:

  • Definição de metas claras: todos os profissionais da equipe devem saber exatamente o que fazer e quais objetivos devem ser alcançados ao final de um projeto, evitando retrabalho, distrações e erros que impactem o resultado;
  • Funções bem definidas: um time de alta performance não pode ter espaço para dúvidas. Cada membro precisa entender quais são as suas responsabilidades e o que o restante da equipe espera que ele entregue, evitando atrasos e erros no processo;
  • Autoestima e confiança elevadas: os profissionais e gestores devem criar um clima positivo de trabalho, permitindo a adoção de uma política de feedbacks, por exemplo, além de abertura para a troca de informações e ideias sem julgamentos, com conversas e debates construtivos para alcançar os objetivos finais;
  • Comunicação sem ruídos: desempenha um papel fundamental dentro dos times de alta performance, garantindo mais transparência para que nenhuma informação seja perdida ao longo do processo;
  • Colaboração e autogestão: além de incentivar que cada membro gerencie suas próprias responsabilidades, a colaboração entre toda a equipe é fundamental para garantir resultados melhores, especialmente em longo prazo.
  • Adoção de metodologias como filosofia de trabalho: a aplicação de metodologias para o desenvolvimento de projetos é essencial para garantir a velocidade, padronização e, principalmente, entregar o que o cliente realmente precisa.

Como um time de alta performance pode apoiar a empresa na entrega de valor ao cliente?

Os benefícios de adotar times de alta performance na sua empresa são muitos e os mais variados. Eles começam com o aumento significativo na produtividade dos colaboradores, que vão desperdiçar menos tempo com atividades burocráticas e repetitivas e mais em ações estratégicas. Isso também se reflete na redução dos custos dos processos dentro da organização.

Por fim, um time de alta performance tem como objetivo entregar um produto final com um valor agregado elevado. Com as características listadas acima, a tendência é que a experiência oferecida aos clientes seja mais completa, já que todos esses fatores são levados em consideração durante a execução dos projetos, resultando em produtos e/ou serviços de maior valor.

Quais são as melhores maneiras de formar times de alta performance?

Na prática, o que deve ser feito para formar times de alta performance dentro da sua organização? Confira as nossas dicas!

Esclarecer a visão e o objetivo

O primeiro passo é definir um objetivo e os caminhos seguidos para alcançá-lo. Quais são os recursos — financeiros ou, até mesmo, conhecimentos e competências dos colaboradores — necessários para um melhor desempenho? A partir dessa análise, fica mais fácil estabelecer quais são os investimentos que devem ser feitos.

Contar com indicadores correlacionados

O uso de indicadores correlacionados é essencial para tornar, por exemplo, a tomada de decisão mais precisa. Afinal, como saber qual é o melhor caminho para seguir sem um embasamento técnico? É preciso utilizar dados, métricas e informações relevantes para criar uma equipe que, de fato, esteja sempre em busca dos melhores resultados.

Fechar contratos individuais de performance

Para fazer parte de um squad, é importante que os profissionais estejam altamente motivados e a melhor maneira de fazer isso é estabelecer contratos de performance individuais. A ideia é entender melhor as entregas de cada profissional e oferecer recompensas que premiem um melhor desempenho, criando um ambiente ainda mais motivador e desafiador.

Monitorar os resultados

O monitoramento também é parte essencial para a criação de times de alta performance. É preciso entender quais são os resultados e as implicações de cada uma das decisões tomadas pelo time. Além disso, o processo de análise é essencial para descobrir quais estratégias funcionam, quais delas precisam ser aprimoradas e quais são as principais necessidades e exigências dos clientes, permitindo uma evolução constante.

Os Squads Gerenciados da BRQ

Dentro do conceito de times de alta performance, existem diferentes modelos que utilizam algumas ideias e estratégias em comum. Um exemplo são os Squads Gerenciados da BRQ. Na prática, são equipes cross-disciplinares, ou seja, que contam com profissionais de diferentes áreas de conhecimento para, juntos, desenvolver serviços e soluções ainda mais completos.

Todo o trabalho realizado pelos Squads Gerenciados é baseado na cultura Lean e na metodologia Ágil, criando ciclos mais rápidos e eficientes e permitindo entregas de maior valor para os clientes finais. Além disso, o conceito de autogestão também é aplicado, oferecendo mais liberdade aos profissionais e garantindo que cada um deles entenda e assuma suas responsabilidades para alcançar as metas definidas.

Os times de alta performance desempenham um papel cada vez mais importante na estrutura organizacional de uma empresa. Pensando nisso, é essencial entender mais sobre a relevância dessas equipes, os benefícios para a sua companhia e, é claro, o que fazer para colocar esse conceito em prática.

Agora que você já sabe o que são times de alta performance e como funcionam os Squads Gerenciados da BRQ, o que acha de dar o próximo passo e garantir que o desempenho da sua equipe siga melhorando? Entre em contato conosco, conheça mais sobre as nossas ferramentas e forme equipes de alto nível!

Você também pode gostar

Deixe um comentário