Entenda quais estratégias impulsionarão as atividades de Data & Analytics em 2022 

Data & Analytics
4 minutos para ler

Gartner, líder mundial e pesquisas e aconselhamentos para empresas, destaca que os lideres em Data e Analytics devem focar em três grandes pilares em suas organizações: 

  • Ativar Dinamismo e Diversidade 
  • Aumentar foco em Pessoas e Decisões 
  • Institucionalizar a Confiança 

Neste sentido Rita Sallam, vice-presidente de pesquisa do Gartner, entende que as principais tendências deste ano em Data & AI representam dinâmicas de negócio, mercado e tecnologia que irão apoiar as organizações em antecipar e prever mudanças bem como transformar incertezas em oportunidades. 

Aumentar o Foco em Pessoas e Decisões 

Espera-se a ascensão de Inteligências Artificiais (IA) que irão impulsionar o crescimento e a inovação, enquanto lida com as flutuações nos mercados globais. Inovações no gerenciamento de dados para IA, abordagens automatizadas e orientadas por metadados ativos e competências de compartilhamento de dados, todas baseadas em malhas de dados, liberam todo o valor dos dados e análises.  

Como exemplo, a tendência de sempre compartilhar dados reforça a troca de registros como um indicador-chave de desempenho voltado para os negócios de que uma organização está alcançando o envolvimento efetivo das partes interessadas e aumentando o acesso aos dados certos para gerar valor público.  

A pandemia do Coronavírus e outros eventos globais recentes de grande escala criaram urgência no compartilhamento de dados para acelerar o valor dos negócios digitais públicos e comerciais independentes e interrelacionados.  

O Gartner prevê que, até 2026, a aplicação de métricas de confiança automatizadas em ecossistemas de dados internos e externos substituirá a maioria dos intermediários externos, reduzindo o risco de compartilhamento de dados pela metade.  

As tendências para 2022 nesta categoria incluem:  

  • Sistemas de Inteligência Artificial adaptáveis 
  • Inteligência Artificial centrada em dados 
  • Malha de dados orientada por metadados 
  • Dados sempre democratizados e comportilhados. 

Aumentar foco em Pessoas e Decisões 

Para tornar os insights relevantes para os tomadores de decisão, os líderes de Data & Analytics devem fornecer análises enriquecidas e orientadas ao contexto de sua organização. Isso inclui priorizar a capacitação de pessoas bem como implementar estratégias para lidar com a escassez de dados e talentos analíticos.  

Estimasse que até 2025, a maioria dos Chief Data Officers (CDOs) não terão conseguido promover a capacitação de pessoas em dados e consequentemente estabelecer estratégias eficientes de democratização de dados para geração de novos insights e com isso não irão conseguir alcançar suas metas estratégicas de negócios orientadas por dados.  

A pesquisa do Gartner mostra que as organizações que lidam com os elementos humanos de Data & Analytics são mais bem-sucedidas do que as organizações que consideram apenas a tecnologia. Um foco humano promove um aprendizado digital mais amplo, em vez de simplesmente fornecer plataformas, conjuntos de dados e ferramentas essenciais.  

As tendências de 2022 nesta categoria incluem:  

  • Análise enriquecida pelo contexto 
  • Data & Analytics direcionada aos negócios 
  • Data & Analytics centrada em decisões 
  • Déficit de habilidades e alfabetização. 

Institucionalizar a Confiança 

À medida que as regulamentações de Inteligência Artificial proliferam globalmente, elas exigem certas práticas auditáveis que garantem confiança, transparência e proteção ao consumidor.  

Até 2026, o Gartner prevê que as organizações que desenvolvem Inteligência Artificial confiável orientada a propósitos terão mais de 75% das inovações de Inteligência Artificial bem-sucedidas, em comparação com 40% entre aquelas que não o fizerem. As tendências para 2022 nesta categoria incluem:  

  • Governança conectada 
  • Gerenciamento de risco de Inteligência Artificial 
  • Ecossistemas de fornecedores  
  • Regiões e expansão para a Edge Computing.  

Adriano Batista da Mota, Advanced Analytics & IBA Executive Manager na BRQ

Você também pode gostar

Deixe um comentário

dezenove − quinze =