Cultura ágil: o que você tem que saber para embarcar na tendência

cultura ágil
7 minutos para ler

Mais do que procurar por ferramentas e soluções que contribuam para a evolução digital do seu negócio, é essencial também conhecer novos métodos e processos. A cultura ágil é um exemplo que tem o poder de transformar uma organização de diferentes maneiras, conferindo maior independência dos profissionais da sua equipe e mais velocidade na execução de projetos.

Para os gestores que procuram alternativas inovadoras de reduzir custos e conseguir mais receitas a partir do fluxo de trabalho, essa é uma abordagem que não pode ser descartada. Muito popular dentro dos negócios mais disruptivos, como startups, o Ágil também tem ganhado espaço entre organizações consideradas mais tradicionais.

Sendo voltada para alta performance, produtividade e rápida adaptação ao cenário de negócios – que é o que todas as empresas buscam – que tal embarcar nessa tendência? Para que você avalie melhor essa possibilidade, preparamos um artigo completo sobre o assunto. Continue a leitura deste conteúdo para entender o que é a cultura ágil, quais são os benefícios proporcionados e como incorporá-la ao seu negócio!

[E-BOOK] Governança de dados: como utilizar e implementar com metodologias ágeis

O que são metodologias ágeis?

As metodologias ágeis buscam maximizar as entregas de valor de uma organização, por meio de otimização de processos, eficiência, eficácia e autonomia. A ideia é proporcionar uma liberdade maior aos profissionais da empresa e, ao mesmo tempo, potencializar o desempenho de cada um e os resultados conquistados pela equipe. Como o nome indica, a agilidade é a capacidade de mudar rápido de direção e responder às necessidades do mercado.

Dentro da cultura ágil existem diferentes abordagens e estratégias que podem variar de acordo com a estrutura de uma empresa, por exemplo. Em comum, porém, é a relação dessas metodologias com o Manifesto Ágil. O documento criado inicialmente por desenvolvedores tem seus valores aderentes à realidade de qualquer organização. São eles:

  • indivíduos e suas interações mais que processos e ferramentas;
  • software funcionando mais que documentação abrangente;
  • colaboração com o cliente mais que negociação de contratos;
  • responder às mudanças mais que seguir um plano.

Embora exista valor nos tópicos à direita, priorizamos os itens à esquerda. Todos os tópicos à esquerda das frases acima devem ser priorizados para que a implementação da cultura ágil seja efetiva. Ou seja, a ideia é contribuir para o desenvolvimento dos profissionais da sua equipe e ao mesmo tempo investir em ferramentas que os auxiliem. Outro exemplo é a flexibilidade, que pode ser observada no último item, buscando que as equipes ofereçam respostas rápidas e precisas, além de superar rapidamente situações de falha.

Qual é a importância das metodologias ágeis?

A cultura ágil implica em uma mudança de atitude nas mais diversas áreas de uma companhia. Afinal, não se trata apenas da implementação de uma ou outra ferramenta ao dia a dia de trabalho dos profissionais. É preciso que toda a organização compreenda o conceito e coloque em prática as suas teorias, o que vai contribuir para o desenvolvimento da sua empresa.

Em um período repleto de incertezas e com mudanças cada vez mais rápidas e intensas — o que pode ser definido como Mundo VUCA, sigla em inglês que se traduz como Volatilidade, Incerteza, Complexidade e Ambiguidade —, a cultura ágil é essencial.

Imagine o seguinte cenário: a sua empresa está liderando o seu segmento com processos bem definidos. Uma startup disruptiva surge e muda completamente a forma como o mercado funciona. Processos mais engessados serão mais difíceis de serem atualizados, além de representarem uma demora mais longa para a resposta ao seu novo concorrente. Já com a Agilidade, fica mais fácil garantir que a organização esteja preparada para enfrentar desafios.

Cultura data-driven

As crises, como a pandemia da COVID-19, por exemplo, também mostram a importância da cultura ágil. Muitas companhias tinham processos e fluxos de trabalho menos flexíveis e acabaram sofrendo impactos mais significativos. Organizações que já tinham uma estrutura adaptável conseguiram encarar os desafios do período em condições um pouco mais favoráveis.

Por que buscamos uma cultura ágil?

Além da sua importância, existem alguns benefícios diretos para a sua organização a partir do momento em que a Agilidade é adotada. Veja!

Satisfação e fidelização de clientes

O conceito de Customer Centricity também ganha maior relevância dentro da Agilidade. Afinal, toda a organização — e seus processos — são otimizados, o que resulta na produção de soluções, produtos e serviços ainda mais completos para o cliente final. Em vez de perder tempo com tarefas burocráticas, sua equipe pode se concentrar em atividades mais estratégicas.

Estimula a inovação e a autonomia

Os profissionais da sua equipe passam a ter mais liberdade para encontrarem soluções inovadoras, sugerindo abordagens diferentes para a execução de um projeto, por exemplo. E como o fluxo de trabalho é mais flexível e há maior autonomia da sua equipe, buscar a transformação digital também se torna mais fácil. No fim, quem ganha é a sua organização, com mais criatividade e flexibilidade.

Aumenta a produtividade

O ambiente colaborativo impacta diretamente na produtividade da sua equipe. Em um primeiro momento, os profissionais se sentem parte do negócio como um todo e conseguem se manter mais motivados e engajados. Além disso, a Agilidade estimula o desenvolvimento individual associado ao trabalho do grupo, o que pode ser mais um fator relevante para uma empresa que busca maior produtividade.

Melhor comunicação com o trabalho conjunto

A comunicação na sua empresa se torna horizontal, ou seja, todos estão livres para fazer comentários, sugestões e apresentar ideias. Além disso, o trabalho em equipe é estimulado, criando um ambiente de cooperação entre todos os profissionais. O resultado desse cenário é uma redução no retrabalho e o ganho com eficiência na rotina da sua equipe.

Como adotar a Agilidade na minha empresa?

Os benefícios da Agilidade são muitos, não é mesmo? Os desafios também são, e exigem cautela para que a utilização de suas metodologias seja, de fato, efetiva. O primeiro deles é a relação com os próprios colaboradores, que precisam entender as vantagens e as ideias do ágil para conseguirem aplicá-lo em suas rotinas de trabalho.

Ao mesmo tempo, é preciso fornecer os recursos necessários para que as mudanças aconteçam. Além das ferramentas, é necessário focar nos fluxos e processos da organização. Estabelecer os padrões que vão ser adotados para conseguir entregar uma melhor experiência ao cliente final. Outro desafio é o contato com os seus clientes, que também precisam compreender a mudança de metodologia.

Apesar dos desafios que podem ser enfrentados ao adotar a Agilidade na sua organização, é possível contorná-los e os benefícios proporcionados são mais do que a motivação necessária. A longo prazo, é o caminho ideal para conseguir estruturar fluxos de trabalho mais definidos e eficientes. Toda a estrutura da sua empresa é diretamente beneficiada pela adoção dessas metodologias, frameworks e métodos.

Agora que você já sabe o que é cultura ágil e como pode ser importante para o desenvolvimento e a evolução do seu negócio, que tal seguir bem informado sobre outras tendências e conceitos como essa? Assine a nossa newsletter e receba outros conteúdos relevantes para conseguir ainda mais resultados!

Você também pode gostar

Deixe um comentário