Tudo o que você precisa saber sobre a tecnologia Blockchain

tecnologia Blockchain
17 minutos para ler

Em cenários de alta competitividade, é natural que se tenha dificuldade em conseguir fazer o máximo de cada oportunidade, certo? Mas não precisa ser sempre assim: a busca por novas estratégias e conceitos pode ajudar seu negócio a se diferenciar com a inovação como carro-chefe. Esse é o caso para quem implementa a tecnologia Blockchain.

Para quem tem algum tipo de familiaridade com os criptoativos, como o bitcoin, esse termo já deve ter aparecido em alguma das suas leituras. Porém, na prática, como a implementação desse conceito pode gerar benefícios? Quais são os gaps que podem ser preenchidos e quais são os insights proporcionados por essa tecnologia no dia a dia da sua empresa?

Antes de implementar qualquer ferramenta ou tecnologia, é preciso entender não apenas como aplicá-la, mas também qual é a entrega de valor que ela tem para oferecer. Então, o que acha de tirar todas as suas dúvidas sobre o assunto e identificar como a tecnologia Blockchain pode ser impactante para o futuro do seu negócio?

Continue a leitura e confira!

O que é tecnologia Blockchain?

Como o próprio nome diz (“cadeia de blocos” em tradução livre para o português), a tecnologia Blockchain representa uma série de blocos de códigos on-line que são criptografados e descentralizados. Dentro de cada bloco, uma série de dados e informações pode ser armazenada, garantindo maior segurança digital. Mais do que isso, também é uma forma de promover transparência a qualquer movimentação que aconteça dentro daquela cadeia de informações.

O que começou com o objetivo de possibilitar o envio de bitcoins de um usuário para outro se tornou muito maior. Hoje, é possível utilizar a Blockchain como um verdadeiro registro digital. A plataforma consegue validar e assegurar que cada informação ali esteja correta. Ainda permite que contratos, propriedade intelectual, direitos autorais e outros elementos sejam registrados dentro dessas cadeias de dados.

Cada bloco nessa cadeia armazena uma série de detalhes e informações que ajuda a identificar o processo de transferência não só de criptoativos, mas com os outros pontos que abordamos acima. Sendo assim, a tecnologia Blockchain abre uma série de oportunidades e possíveis aplicações para negócios dos mais variados segmentos e tamanhos, já que pode ser utilizada como:

  • Registros imutáveis um dos conceitos básicos da Blockchain é a sua capacidade de imutabilidade, ou seja, nenhum dos registros ali pode ser alterado por outros usuários. Afinal, para realizar a quebra de uma determinada informação, é preciso fazer o mesmo com centenas de milhares de dados, o que inviabiliza qualquer ataque mal-intencionado, por exemplo, proporcionando informações confiáveis;
  • Contratos inteligentes as negociações no mundo corporativo também podem mudar, já que o conceito de Smart Contracts (contratos inteligentes) tem se tornado cada vez mais popular e confiável dentro das Blockchains. Em resumo, são documentos e cláusulas programadas automaticamente entre duas partes, garantindo que um acordo seja fechado apenas a partir da realização de todas as exigências do processo;
  • Tecnologia de livro-razão distribuído — esqueça de armazenar as suas informações em pastas ou salas físicas. Agora, tudo pode ser disponibilizado dentro de uma Blockchain, o que vai garantir mais segurança a esses dados. Dessa forma, essa tecnologia permite o seu uso como um livro-razão distribuído, em que a transparência se torna uma peça-chave para todas as partes envolvidas e com interesse naquelas informações.

A tecnologia Blockchain, portanto, é muito mais do que o uso para transacionar criptoativos. Independentemente dos objetivos do seu negócio, essa rede pode proporcionar uma série de benefícios para que a sua organização se torne mais segura e eficiente.

Como funciona na prática?

A lógica é muito simples: imagine que uma organização quer fazer uma transação para a empresa X. Para que a informação passada de uma para outra seja verificada, é preciso utilizar um mecanismo de confirmação, que é conhecido como hash. Cada lado precisa usar o hash correspondente para validar aquela transação via Blockchain.

Sem isso, a transação não acontece. Isso significa que é praticamente impossível que uma rede Blockchain sofra com fraudes. Afinal, para que uma informação seja aberta, é preciso abrir todas as anteriores, criando um desafio muito complexo. Além disso, nada do que foi escrito ali pode ser alterado. Uma vez no Blockchain, aquele dado deve ser imutável.

Quais são as aplicações do Blockchain na indústria de tecnologia?

A tecnologia Blockchain é tão revolucionária que o seu impacto é muito amplo. O que acha de entender como ela pode beneficiar a indústria tecnológica?

Armazenamento em nuvem

Uma das aplicações mais eficientes da tecnologia Blockchain é no armazenamento em nuvem. Apesar de já ser algo revolucionário, ainda existem muitos caminhos para que a Cloud Computing se torne ainda mais importante e eficiente na realidade das empresas. E o Blockchain pode ser utilizado justamente para possibilitar que se alcance outro nível de segurança e armazenamento de informações.

Além disso, o uso dessa tecnologia no armazenamento em nuvem pode representar também uma redução de gastos operacionais. O que é, na prática, mais um atrativo para os provedores desse sistema, mas também para os usuários finais, que terão preços mais acessíveis para armazenar as suas informações em um ou mais servidores.

Internet das Coisas

O conceito de Internet das Coisas (IoT) também é diretamente impactado pelo surgimento da tecnologia Blockchain. Isso é possível por permitir uma maior descentralização do mercado, ampliando o alcance da IoT para empresas de todo o mundo. Torna-se muito mais fácil escalar e acelerar o desenvolvimento de estratégias que envolvam IoT no mercado.

Logística

A logística é um dos setores mais impactados pela Transformação Digital e o Blockchain também pode contribuir para essas mudanças. O processo de rastreamento de toda a cadeia produtiva se torna muito mais eficiente e prático. Registrando todas as informações na cadeia, além de garantir maior confiabilidade para transações, torna a busca por esses dados mais simples.

Por que? É possível encontrar exatamente o erro em uma cadeia de produção, por exemplo, já que essas informações não podem ser alteradas. Além disso, uma empresa que está buscando um novo fornecedor, por exemplo, consegue verificar mais detalhes sobre a procedência do que está sendo adquirido.

Como se aplica ao sistema financeiro?

E no sistema financeiro? Como o Blockchain pode ser aplicado de maneira eficiente?

Sistemas de pagamento

Especificamente para os sistemas de pagamento, a tecnologia Blockchain pode representar uma mudança significativa de cenário. Para começar, se trata de uma tecnologia que está disponível 24 horas, sete dias por semana. Com os avanços tecnológicos e a popularização desse conceito, a tendência é que as taxas também se tornem muito menores para os usuários, algo que tende a melhorar com o Open Banking.

A velocidade também é outro aspecto importante, garantindo que as transações aconteçam quase que de maneira automática e instantânea. Isso significa que a tecnologia pode acabar servindo como um método de pagamento no futuro, sendo utilizado como o livro contábil para registrar e automatizar informações referentes a pagamentos e transações, por exemplo.

Contratos inteligentes

Mais acima falamos um pouco sobre os contratos inteligentes, não é mesmo? E eles podem revolucionar o sistema financeiro. Um exemplo disso está no uso da tecnologia Blockchain por parte de bolsas de valores em todo o mundo, ainda que em forma experimental. A ideia é explorar o conceito de Smart Contract para fazer com que as liquidações e vendas sejam totalmente automatizadas.

Os contratos inteligentes criam condições para que uma ação seja realizada. Ou seja, é possível automatizar a experiência do investidor, por exemplo, na compra de uma ação por parte de uma pessoa física com a condição de que ela faça uma transação financeira específica (que não precisa ser em criptomoedas). A partir do momento em que essa transação é realizada, a cláusula do Smart Contract é ativada e esse indivíduo tem direito ao que foi acordado.

Isso significa também que as empresas podem utilizar os Smart Contracts como mecanismos de negócio. Uma empresa que está negociando com outra que seja desconhecida, por exemplo, pode se proteger a partir dessa tecnologia. A transferência só vai ser feita quando uma determinada cláusula for alcançada pela outra parte interessada nesse contrato — o que ajuda a criar uma negociação mais justa.

Imagine que sua empresa está importando uma tecnologia do Japão. É possível determinar em um Smart Contract que o pagamento seja feito apenas no momento em que essa tecnologia estiver implementada na sua organização. E tudo de maneira automatizada, utilizando essas condicionais para que se construa uma negociação mais justa e equilibrada.

Criptomoedas

As criptomoedas também são reflexo da tecnologia Blockchain entrando no sistema financeiro. O principal objetivo é possibilitar que qualquer pessoa possa realizar transações financeiras com facilidade, sem o intermédio de um banco ou a interferência de órgãos reguladores — tudo é feito de maneira digital. A ideia é que cada usuário tenha responsabilidade total e absoluta sobre os seus recursos, sem nenhum tipo de intervenção externa.

A função prática de uma criptomoeda, portanto, não é tão diferente de uma moeda tradicional. A intenção principal, porém, é romper com alguns paradigmas do mercado financeiro e criar uma estrutura mais livre para os usuários. Um exemplo disso é a transparência em todas as suas operações somada à privacidade para as partes envolvidas em uma transação.

Transparência para transações

Outro aspecto importante que a tecnologia Blockchain pode desenvolver para o sistema financeiro está na transparência. Por conta da sua estrutura inicial, todas as transações que forem realizadas em uma rede podem ser visualizadas por outros usuários, inclusive em tempo real. Tudo está registrado e não pode passar por nenhum tipo de edição, o que ajuda a mostrar exatamente o que está acontecendo.

Ao mesmo tempo em que a transparência é um ponto positivo, isso não significa que o anonimato esteja perdido. Pelo contrário, já que as informações estão criptografadas, caso o proprietário daquele registro queira prestar contas, por exemplo, com outros membros da sua empresa ou algum stakeholder, ele consegue decodificar aquela informação que está criptografada, estimulando a transparência.

Por que o Blockchain é uma tecnologia transformadora?

Na prática, por que o Blockchain é tão transformador? Como essa tecnologia impacta a realidade das empresas no ambiente corporativo? Veja só!

Transparência das informações

Um dos assuntos mais relevantes atualmente é a forma como as empresas lidam com a transparência das informações. Hoje, esse é um dos pilares mais importantes para que uma marca tenha a confiança não apenas de seus clientes, mas também de parceiros e outros players no mercado. E esse aspecto é um dos principais quando se fala em tecnologia Blockchain.

Para começar, trata-se de um ambiente descentralizado, o que já aumenta a confiança de terceiros na precisão das informações. Além disso, cada um dos dados colocados ali são automaticamente validados pela própria cadeia, gerando ainda mais certeza de que o que está ali é válido. Sendo assim, o Blockchain permite que a sua organização seja ainda mais transparente e vista como uma empresa com maior valor agregado.

Maior rastreabilidade

Falamos por aqui sobre a capacidade de utilizar a tecnologia Blockchain como uma espécie de livro-contábil, lembra? Na prática, isso permite que você tenha uma maior rastreabilidade de todas as informações. Imagine um negócio que conta com vários parceiros, fornecedores e clientes: fazer a gestão de muitos contratos e documentos pode não ser uma tarefa tão fácil, não é mesmo?

Com o uso de Blockchain, esse problema pode ser resolvido, acabando com as possibilidades de roubo ou falsificação de dados — ou até mesmo da perda de documentação valiosa. Afinal, cada alteração feita dentro de uma cadeia é registrada, sendo possível acompanhar todo o fluxo e garantir que o processo não seja alterado sem que se tenha uma autorização específica para isso.

Redução de custos e desperdícios

Outro aspecto importante que a tecnologia Blockchain proporciona às organizações é a redução de custos e desperdícios. Um exemplo simples de como isso acontece na prática está no armazenamento de dados. Para um negócio que está começando e não tem tantos recursos (como uma startup), você pode ter menos fornecedores para, por exemplo, armazenar informações com maior segurança.

O custo de adquirir uma plataforma para guardar esses dados é eliminado da conta, o que pode fazer uma diferença enorme para qualquer negócio. Além disso, todo o fluxo de trabalho pode ser otimizado com uma plataforma descentralizada, em que todos têm acesso ao que está ali. Um exemplo disso está no estudo feito pela Cointelegraph Consulting, em que uma empresa conseguiu diminuir seus custos em 0,8% com a tecnologia Blockchain.

Segurança da informação

Ao mesmo tempo em que a Transformação Digital proporciona uma série de benefícios para diferentes negócios, ela também gera riscos. Ataques e roubos de informações se tornaram a dor de cabeça de muitos gestores. Entretanto, a tecnologia Blockchain consegue ajudar a diminuir esse problema, garantindo maior segurança de dados e informações sensíveis dentro da organização.

Para começar, todas as cadeias de informações são conectadas, o que reduz consideravelmente as chances de falsificação. Além disso, o Blockchain tem os seus dados imutáveis, ou seja, nada pode ser alterado ali. E, o mais importante, a criptografia protege tudo o que está registrado, assegurando que apenas quem tem o acesso liberado aos dados possa acessar o registro.

Ganho em produtividade

Por fim, a tecnologia Blockchain também pode proporcionar benefícios relevantes em relação ao ganho de produtividade. Um dos motivos para que isso seja possível está na automação dos processos. Quando se cria um contrato inteligente, por exemplo, as cláusulas são cobradas automaticamente, evitando que o processo precise ser acompanhado de maneira manual — um ganho de tempo para todos os lados.

Se uma parte do acordo não cumprir com as suas responsabilidades, ninguém corre o risco de perder nada. Somado a isso, as tarefas burocráticas podem ser reduzidas, o que vai proporcionar mais tempo valioso para que a sua equipe possa se concentrar, de fato, em atividades estratégicas mais relevantes.

Como escolher uma plataforma para utilizar o Blockchain?

Agora que você já entendeu como a tecnologia Blockchain pode potencializar o seu negócio de diferentes maneiras, o que acha de tirar as suas dúvidas sobre como deve ser aplicada na sua organização?

Identificar a aplicação

Antes de tudo, é preciso identificar uma aplicação válida dentro da empresa. Afinal, qual é o propósito de investir tempo e dinheiro em algo que não vai gerar resultados práticos para o seu negócio? Sendo assim, é necessário estudar a fundo o conceito de Blockchain e, em seguida, cruzar os seus benefícios e possíveis aplicações com as principais demandas e necessidades da sua empresa.

Em resumo, a ideia é encontrar um objetivo claro que deve ser alcançado a partir da implementação da tecnologia Blockchain. É um trabalho que deve ser feito por diferentes áreas do seu negócio, garantindo que mais pessoas possam identificar possíveis oportunidades a serem melhoradas com o uso desse conceito. E esse trabalho vai garantir a maior precisão e eficiência da implementação futura.

Desenvolver uma prova de conceito

Esse é o momento em que a parte técnica começa a ganhar espaço, sendo necessário desenvolver uma prova de conceito, que vai ajudar a identificar o valor gerado por um projeto de Blockchain no seu negócio. Ou seja, é um estudo mais detalhado que vai servir como etapa inicial de um maior planejamento para saber se, de fato, o uso dessa tecnologia vai se encaixar nas necessidades e objetivos da organização.

Essa etapa de teste vai evitar que, lá na frente, a implementação tenha problemas. Em resumo, vai fornecer tempo e planejamento para que os desafios do processo sejam superados com maior facilidade. Além disso, vai ajudar a evitar investimentos pouco eficientes para o negócio, o que aumenta o foco e as chances de sucesso da sua implementação.

Construir e testar a solução Blockchain

Agora que você já tem uma ideia mais clara de como a tecnologia Blockchain pode ser viável para o sucesso do seu negócio, é o momento de tirar as ideias do papel e iniciar a construção e testagem da solução. Questões como abrangência da tecnologia e infraestrutura devem ser levadas em consideração, mas o maior desafio é seguir com um planejamento que respeite tudo o que foi feito na prova de conceito.

Depois da construção da solução que impacta o dia a dia da empresa, é hora de fazer uma testagem em menor escala. Isso porque você não pode mudar toda a sua estrutura de negócio de um dia para o outro, não é mesmo? Logo, é preciso avaliar constantemente por um certo período o que pode ou não ser feito para assegurar a maior precisão da implementação num cenário futuro.

Integrar parceiros

A solução em Blockchain já foi definida e validada dentro da sua organização? Excelente! Agora é o momento de ampliar essa utilização e realizar a integração com parceiros e fornecedores. Só que não se trata de uma tarefa simples, porque exige a conexão entre sistemas específicos. Mas, ao conseguir executar esse processo, todo o fluxo de trabalho se torna automatizado e completamente conectado.

Como todas as tecnologias e conceitos, existem também alguns desafios atrelados ao processo de implementação. Por conta disso, é fundamental que, antes de qualquer decisão, você busque o máximo de informações possível sobre o tema a fim de garantir que nada passe despercebido. Assim, as chances de uma implementação bem-sucedida da tecnologia Blockchain aumentam consideravelmente.

Afinal, é preciso tomar muito cuidado para não seguir uma tendência apenas porque outras organizações estão utilizando. É preciso ter a segurança de que aquele conceito, de fato, vai ter um impacto positivo na sua companhia. Então, entenda exatamente qual é o valor agregado que a tecnologia Blockchain tem para oferecer e vá atrás desse objetivo durante a sua implementação.

Como falamos ao longo deste conteúdo, algumas aplicações da tecnologia Blockchain podem ser relacionadas à segurança da informação, fundamental na realidade do mercado. Confira, então, quais são as 5 principais tecnologias para proteção de dados das empresas!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

6 + 6 =