Como reduzir custos logísticos na empresa? Veja 10 soluções!

mulher preta veste camisa cinza e blazer branco, tem cabelo raspado e segura tablet cinza; ao lado dela há uma caixa e ao fundo podemos ver outras em um galpão.
6 minutos para ler
DATA MESH

Os custos logísticos podem ser responsáveis por grandes desembolsos em uma empresa. Por esse motivo, sua gestão estratégica é fundamental: além de contribuir para a eficiência operacional, o planejamento dos processos logísticos permite à empresa eliminar gastos em excesso.

No post de hoje, você vai entender como reduzir custos logísticos na empresa, de que maneiras a tecnologia pode contribuir para esse objetivo e algumas dicas práticas. Fique atento e aproveite cada insight. Boa leitura!

Como reduzir custos logísticos na empresa?

Os custos logísticos de uma empresa estão envolvidos com todos os processos necessários para entregar seus produtos ao consumidor final. Isso inclui desde a chegada da matéria-prima até o despacho de itens prontos para a comercialização.

No entanto, é bastante comum que eles acabem passando despercebidos ou que sejam atribuídos a outros setores ou operações. Essa é uma falha que precisa ser sanada, afinal pode atrapalhar na identificação do valor total desses custos.

Se você não consegue levantar com precisão os seus custos logísticos, não há como fazer uma boa gestão deles. Por isso, o primeiro passo para a redução de custos é fazer um mapeamento dos processos logísticos e entender quais são as demandas financeiras de cada um deles.

Em geral, esses custos estão atribuídos a processos como:

  • Armazenagem: incidindo custos para receber, armazenar e despachar itens;
  • Transporte: gerando gastos com o transporte para a comercialização de produtos, unidades de distribuição e transferência entre pontos;
  • Movimentação: custos com a manutenção de materiais internos, como empilhadeiras, equipe, caminhões etc.;
  • Estoques: despesas com a estocagem de matérias-primas e de produtos finais.

Entender quais são os itens que se encontram dentro de cada uma dessas categorias é o que vai ajudar a reduzir os custos não apenas imediatamente, mas a longo prazo, tornando a gestão mais inteligente. Sem conhecer esses aspectos, é impossível tomar as melhores decisões.

Quais são as 10 dicas para reduzir custos logísticos?

Vamos checar algumas dicas práticas que vão otimizar sua gestão logística e diminuir despesas nessa operação.

1. Desenvolva os processos

Assim como identificar os seus processos logísticos, é muito importante que você os redesenhe de forma mais estratégica, considerando todos os seus operadores e os custos inerentes a cada uma das etapas. Você pode inverter algumas etapas, remover outras ou simplesmente investir na automação, ganhando tempo e dinheiro com isso.

2. Utilize ferramentas analíticas

Também é preciso que você conte com ferramentas confiáveis que ajudem a analisar constantemente seus custos logísticos, apontando quais aspectos merecem uma maior atenção. Você pode fazer uma avaliação criteriosa dos custos com operações internas e compará-las com os custos de terceirização, por exemplo. Existem muitos cenários disponíveis, bastando escolher ferramentas dinâmicas e completas.

3. Use tecnologia apropriada

Uma tecnologia apropriada é aquela que simplifica os seus processos, torna as soluções mais rápidas e ajuda eliminar todo tipo de desperdício, seja de esforços ou de dinheiro. Em geral, isso está associado à gestão de dados e à automatização de processos, que reduzem a incidência de erros e tornam as atividades mais inteligentes.

CTA animado Cloud

4. Elimine o trabalho não produtivo

Fazer uma boa triagem entre o que é realmente relevante e o que não agrega valor também é uma ótima ideia. Isso vai tornar a logística mais enxuta, leve, rápida e eficaz. Atividades que só ocupam espaço deixam os processos lentos e onerosos. Então, analise o que pode ser removido entre os processos sem afetar negativamente a qualidade da entrega final.

5. Reduza o uso de materiais

Muitos custos logísticos estão relacionados à enorme quantidade de materiais gastos em embalagens, como papelões, filmes, paletes e assim por diante. Observe o que pode ser otimizado e até mesmo descartado e estude constantemente medidas alternativas para substituir esses itens. Optar pela Transformação Digital também pode livrar a logística do consumo excessivo de papel e impressões físicas.

6. Incorpore o just in time

O just in time é uma filosofia que defende que um estoque deve ser feito sob medida para a sua demanda. Nesse caso, você só faz um novo pedido de matéria-prima quando entra em um valor mínimo de disponibilidade daquele item. Assim, você não sofre com dinheiro parado. Uma boa dica é informatizar e automatizar o momento desses pedidos.

7. Adote o cross-docking

O cross-docking livra da necessidade de armazenar produtos. Com ele, logo que os itens chegam ao seu centro de distribuição, eles já são imediatamente despachados para um ponto de venda específico ou, dependendo do caso, para o seu consumidor final. Assim, você reduz custos de manutenção.

8. Tenha mais flexibilidade

É importante também adotar estratégias que flexibilizem sua logística conforme as sazonalidades enfrentadas pela empresa. Nem sempre uma medida que funciona em um período do ano vai funcionar em outro. Nesse caso, é interessante se adaptar às demandas e ao volume de carga para não ter que manter uma estrutura de custos mais onerosa do que o necessário.

9. Otimize rotas frequentes

Você trabalha com rotas frequentes? Então, talvez esteja na hora de acionar transportadoras que cuidem apenas dessa região. Assim, você pode negociar custos menores e ainda contar com fornecedores especializados, qualificando a solução. Nesses casos, motoristas autônomos também podem ter boas propostas.

10. Modernize sua logística

Trabalhar com sistemas integrados na logística pode fazer sua empresa gerar dados relevantes para outros setores. Além disso, você tem a possibilidade de tomar decisões mais acertadas e efetuar mudanças de percurso mais rápidas, respondendo às demandas de mercado.

Isso pode ser feito investindo em sensores, digitalização, automação, Inteligência Artificial, sistemas de monitoramento e rastreamento e até Machine Learning.

Qual é a importância da tecnologia na redução de custos?

Você deve ter percebido que a tecnologia é uma grande aliada na redução de custos, não é mesmo? Investir na migração para cloud, por exemplo, pode livrar sua empresa de ter que lidar com bancos de dados físicos, o que demanda manutenção e segurança.

Da mesma forma, se você quer ter um negócio escalável ou estar entre as empresas do futuro, é preciso pensar na modernização dos seus processos como parte estrutural do empreendimento. Assim, será possível incorporar soluções integradas e otimizá-las com o tempo.

Contar com as parcerias certas pode fazer toda a diferença, já que muitas empresas são especializadas na integração desses serviços. Portanto, considere recorrer a alguém que acompanhe todo o processo de digitalização e modernização do seu setor logístico.

Gostou do viu por aqui? Então, está na hora de dar o próximo passo na sua jornada de como reduzir custos logísticos na empresa: converse com a gente!

Cultura data-driven
Você também pode gostar

Deixe um comentário

14 − um =